5 dicas para fazer boas parcerias para seu negócio

Nem sempre é fácil encontrar o parceiro certo para o seu negócio. Aprenda a identificar o stakeholder que pode ajudar a alavancar suas vendas.

Quem atua no mercado digital sabe que fazer boas parcerias pode ser uma estratégia extremamente útil para expandir o alcance da sua empresa ou produto. O que você talvez não saiba é que parcerias de negócios não são firmadas apenas entre empresas, podendo ser entre empresas e colaboradores.

Sabemos que nem sempre é tarefa fácil reconhecer o parceiro certo. Por isso listamos 5 dicas imperdíveis para você se dar bem nesse quesito, a partir de agora!

1. Identifique possíveis parcerias

Para uma parceria de negócios render bons frutos ela precisa ser vantajosa para todos os envolvidos. Por isso, antes de abordar seus stakeholders, deixe claro o que cada parte tem a ganhar com esta associação.

Identifique quais as competências que faltam a você, quais delas podem ser desenvolvidas internamente e quais poderia alavancar por meio de parcerias. Seu objetivo aqui é descobrir as práticas que podem ser integradas aos seus processos, para gerar uma vantagem competitiva para seu empreendimento, e vice-versa.

Como você levantará esses dados?

A resposta mais uma vez está na internet: faça benchmarking para conhecer seu mercado, acesse as páginas de seu parceiro em potencial e descubra quem é o cliente deles. Vale lembrar que seu parceiro nem sempre será do mesmo nicho/subnicho do que o seu, mas o público alvo deles deve compartilhar os mesmos interesses de sua persona para que a divulgação seja assertiva.

Imagine um Produtor que venda cursos de culinária japonesa e tenha um produto faça muito sucesso na comunidade oriental. Ele pode expandir o alcance de seu negócio, criando um curso sobre cultura japonesa, e se associar a outros Produtores que tenham cursos de japonês ou sobre Anime.

Repare que, apesar dos nichos serem diferentes, os dois produtos se destinam à pessoas que têm interesse pela cultura oriental. Dessa forma todos os Produtores e Afiliados envolvidos conquistam novas parcelas do mercado.

2. Associe-se a empresas que pensam como você 

Quando você já tiver identificado as pessoas e empresas que atuam em determinada área, é hora de pensar em alianças mais fortes e duradouras. Para tanto, você precisa levar em conta os valores e princípios éticos com os quais já trabalha e verificar em sua rede onde eles também se encontram.

Procure líderes e empreendedores que estejam alinhados com seus valores e crenças. Isto refletirá no futuro de suas negociações de forma impactante. Empresas de maior porte com administração tradicional e hierarquia bem definida terão dificuldade de se associar a empresas com horários mais flexíveis e processos menos rígidos, não acha?

Você conseguiria se adaptar à uma cultura muito diferente da sua? Na dúvida se o esforço de adaptação vale a pena, lembre-se do primeiro tópico desse texto: as parcerias só são benéficas quando suprem as necessidades de todos os envolvidos.

O importante aqui é pensar que dentre todos os possíveis stakeholders que você mapeou, existem alguns que serão aliados  para uma ação pontual e aqueles que serão estratégicos durante muito tempo. Por isso, é importante que eles tenham a mesma visão de negócios que você, caso contrário, vocês vão discordar em tudo e, eventualmente, perder o timing em decisões que poderiam trazer bons resultados para o empreendimento de ambos.

3. Avalie todos os cenários possíveis

Como parcerias envolvem mais de uma pessoa opinando sobre as principais decisões é importante discutir todos os aspectos que dizem respeito à associação, sejam eles subjetivos, legais ou financeiros.

Confronte os planos de negócios com seu parceiro e vejam se suas metas coincidem, principalmente no que diz respeito aos resultados que cada um espera obter com a parceria. No caso dos empreendedores digitais esses detalhes podem ser alinhados por e-mail ou por Skype, desde que os registros dessas conversas fiquem arquivados por todo o período em que a relação de negócios for mantida.

O ideal é criar um documento formalizando os tópicos principais dessa conversa, como:

  • Quais são as obrigações de cada um;
  • Se a associação está atrelada à metas específicas;
  • Como as decisões futuras serão tomadas;
  • Como a divulgação será feita;
  • Como os parceiros dividirão o lucro (no caso de produtos desenvolvidos em conjunto);
  • Como dissolver a parceria, caso os resultados não sejam os esperados.

4. Faça networking constantemente

Já ouviu aquele ditado popular: quem não é visto, não é lembrado? Nesse caso o “ser visto” é o equivalente a ter uma sólida rede de contatos, e para construir essa rede de contatos, você precisará fazer networking.

Nós sabemos, a palavra networking ainda é um pesadelo para os mais tímidos, mas ainda é a melhor forma de encontrar parceiros estratégicos para seu negócio!

Mas não pense que fazer networking se restringe a comparecer em eventos. O bom networking consiste em manter contato com profissionais do seu segmento, se possível, oferecendo conteúdo que gere valor para essas conexões. Não basta enviar mensagens sobre seu produto pelo Facebook ou pelo Linkedin. Para ser lembrado você precisará focar em empreendedores em quem você vê potencial de relacionamento, seja como parceiro de negócios, sócio ou Afiliado.

Acredite, a relevância de sua rede de contatos dependerá muito mais da qualidade das conexões que você estabelece do que da quantidade de pessoas que você adiciona. Se você investir em criar um relacionamento duradouro com seus contatos, perceberá que com o tempo eles se tornarão os maiores embaixadores da sua marca.

Algumas dicas simples podem te ajudar a fazer um bom networking:

  • Em eventos de negócios evite conversar apenas com pessoas que você já conhece;
  • Demonstrar interesse e construir uma conversa é essencial para manter suas conexões engajadas. Em poucas palavras, não mencione o seu produto logo de cara, a menos que haja contexto para isso;
  • Manter a comunicação recorrente é importante. Parabenizar por um novo cargo, enviar recomendações e compartilhar artigos que podem interessar aquela conexão são todos exemplos de práticas recomendáveis;
  • Para contribuir com o negócio de outras pessoas muitas vezes basta dar uma opinião, divulgar um evento e compartilhar um link. Atitudes simples que geram empatia na rede que você está construindo.

5. Aposte em uma comunicação eficiente

Você que trabalha no mercado online sabe da importância de contar com parcerias estratégicas e colaboradores motivados. Gente competente que dá o suporte necessário para que seu negócio cresça. Mas para alcançar esse cenário, você precisará investir em uma comunicação eficiente com todos os agentes envolvidos em seu empreendimento.

Deixe claro os deveres e responsabilidades de cada um e esteja aberto a sugestões que podem melhorar sua performance. Quando os parceiros estão alinhados em torno dos mesmos objetivos fica mais fácil convencer os clientes sobre as vantagens de adquirir os produtos/soluções que vocês estão comercializando o que, por sua vez, melhorará sua taxa de conversão.

 

Preocupe-se em gerar valor

Contribuindo com outros empreendedores, desenvolvendo suas habilidades e tornando-se reconhecido por elas, você será capaz de estabelecer boas parcerias para seu negócio e fazer com que seu produto tenha cada vez mais alcance e relevância no mercado.

Quais são as melhores opções de publicidade online?

Entenda como os pequenos e novos empreendedores podem desenvolver campanhas publicitárias e alcançar diretamente seu público!

Anunciar na internet se tornou um fator determinante para que um produto seja bem-sucedido no mercado, e isso é algo completamente lógico. Depois que um empreendedor fez tanto esforço para materializar sua ideia e ter seu produto pronto para ser lançado no mercado, é necessário unir esforços para que as pessoas o conheçam e comprem.

Hoje em dia, as diferentes plataformas disponíveis na web permitem que as pessoas divulguem produtos físicos, digitais e serviços de forma muito fácil, barata e eficiente para alcançar o público desejado.

Graças a plataformas como o Facebook, o Instagram ou o próprio Google, pequenos e novos empreendedores podem desenvolver campanhas publicitárias e alcançar diretamente seu público.

Se você está prestes a iniciar seu próprio negócio ou já começou, mas ainda não consegue obter os resultados esperados de vendas, este post foi feito para você. Mostraremos quais são as principais plataformas que você pode usar para anunciar online e como utilizar cada uma delas.

Mas, primeiro, vamos aprofundar um pouco mais sobre as vantagens da publicidade online.

Vantagens da publicidade online

É mais barata do que a mídia tradicional

A publicidade online é ideal para qualquer tipo de negócio ou empreendimento, já que é basicamente capaz de se adaptar a qualquer orçamento.

Além disso, em comparação com a mídia tradicional, é muito mais barato. Um anúncio no rádio ou na televisão, por exemplo, só é possível para grandes empresas, enquanto na internet há espaço para todos.

É fácil de fazer

Você não precisa contratar uma agência de publicidade ou um especialista em marketing digital para anunciar na internet.

Aqui no blog, por exemplo, temos muitos tutoriais das principais ferramentas de publicidade online como:

  • Instagram;
  • Facebook;
  • Google AdWords.

Você pode alcançar pessoas do mundo inteiro

Quando você desenvolve campanhas publicitárias na internet, os limites geográficos deixam de existir, pois você pode oferecer seus produtos para pessoas do mundo inteiro.

Permite segmentar suas campanhas

Outra grande vantagem da publicidade online é que cada centavo é bem gasto, uma vez que as plataformas permitem segmentar o público que você deseja alcançar, o que obviamente permite obter melhores resultados.

Você pode medir o resultado de suas campanhas

A publicidade online oferece a possibilidade de medir, em tempo real, o resultado de cada anúncio, quantos cliques foram feitos em seu banner, quantas compras ele gerou, de onde os usuários vieram e muito mais.

Isso permite que você saiba exatamente o que funciona e o que precisa ser melhorado.

Principais formas para fazer publicidade online

Anúncio no Google AdWords

O Google AdWords é uma ferramenta ideal de links patrocinados para divulgar seu produto ou serviço, atrair novos clientes, aumentar suas vendas online e se destacar na internet.

Existem cinco formas de anunciar nessa plataforma:

  1. Rede de Pesquisa;
  2. Rede de Display;
  3. Google Shopping;
  4. Vídeo;
  5. Universal para apps.

Uma das maiores vantagens dessa plataforma é que você pode anunciar sem ter que gastar muito ou investir mais do que o planejado, já que você pode definir um orçamento diário disponível para cada campanha e ele será descontado à medida que seus anúncios receberem cliques.

Como anunciar no Google AdWords?

A primeiro passo que você deve tomar é criar uma conta na página do AdWords.

Em seguida, você deve criar sua campanha, selecionar o tipo de anúncio e preencher os campos solicitados para fazer a configuração.

Anúncio no Instagram

O Instagram se tornou uma das redes sociais mais influentes dos últimos anos e é uma ótima opção para empreendedores, pois oferece a possibilidade de incluir anúncios para empresas ou marcas que desejam atingir um determinado público.

Com o Instagram Ads, você pode colocar anúncios em formato de imagem ou vídeo e, assim, atingir metas de publicidade, como impulsionar suas publicações, promover sua página, enviar pessoas para seu site, aumentar as conversões e muito mais.

Como anunciar no Instagram?

  • Crie uma conta no gerenciador de negócios do Facebook;
  • Configure uma conta do Instagram;
  • Crie sua campanha;
  • Defina o orçamento diário e o tempo de publicação da campanha;
  • Segmente o público-alvo de sua campanha;
  • Mude a localização;
  • Crie seu anúncio;
  • Revise seu conteúdo e publique.

Anúncio no Facebook

O Facebook é outra alternativa muito boa se você quer investir em publicidade online para posicionar seu negócio e ter mais vendas.

O melhor é que você só precisa seguir alguns passos simples para desenvolver uma campanha publicitária nessa rede social:

  • Escolha o que anunciar (promover suas publicações, promover sua página, atrair pessoas para seu website, aumentar as conversões em seu site etc.);
  • Escolha o tipo de anúncio com base em suas metas;
  • Preencha as informações nos campos, coloque a imagem do anúncio, o título, a descrição, a data de validade e crie seu anúncio;
  • Você pode criar quantos anúncios quiser. O ideal é que você combine diferentes textos, títulos e imagens para ver quais produzem os melhores resultados;
  • Verifique a pré-visualização: o Facebook oferece uma prévia do anúncio para corrigir erros ou alterar especificações, se necessário;
  • Segmente seu público. Você pode segmentar de acordo com a faixa etária, localização, sexo, gostos etc;
  • Escolha o gasto diário que você deseja ter, analise a campanha, programe e defina as datas de início e término.

É importante observar que você pode modificar as campanhas do Facebook Ads, pausá-las e reativá-las quantas vezes quiser.

Além disso, você tem um gestor chamado Ads Manager, que oferece um monitoramento abrangente e em tempo real dos resultados de suas campanhas.

Anúncio no Youtube

YouTube é outra rede social que oferece serviços de anúncio pago para grandes empresas, marcas e empreendedores.

A popular plataforma de vídeo tornou-se um meio ideal para trocar conhecimento, entreter e anunciar produtos e serviços. E o melhor é que você pode fazer tudo no AdWords, como mostramos no primeiro item deste post.

Passos para anunciar no Youtube com o AdWords:

  • Vincule seu canal do Youtube com sua conta do AdWords;
  • Selecione o vídeo que deseja promover;
  • Estabeleça as características da promoção (orçamento, calendário, segmentação, etc.);
  • Clique em Criar e lançar campanha e aguarde a notificação de aprovação do YouTube e do Google AdWords (essa notificação pode levar até 24 horas para ser concluída).

Anúncio nativo (native ads)

O anúncio nativo, mais conhecido como native ads, é uma maneira de anunciar na internet sem interferir na experiência do usuário em suas redes sociais.

Esse tipos de publicidade online se tornou muito popular, porque tem uma alta taxa de aceitação, não é intrusivo e parece ser um conteúdo do próprio site. E é também uma forma de alcançar pessoas que ainda não conhecem sua marca.

Existem muitas opções para criar campanhas publicitárias nativas, todas dependem do canal de comunicação escolhido para chegar a seu mercado.

No entanto, aqui estão quatro etapas essenciais para começar a fazer anúncio nativo:

  1. Defina sua persona ou o público que você deseja alcançar.
  2. Entenda os padrões de consumo de seu público;
  3. Selecione as plataformas para desenvolver sua campanha (Facebook, Instagram, blogs etc.).
  4. Selecione o formato do conteúdo a ser usado (uma imagem, um post, um vídeo) e aborde temas de interesse de seu público.

Como divulgar sua marca sem gastar dinheiro?

Se você está apenas começando e ainda não tem orçamento para investir em anúncios pagos, não se preocupe!

Felizmente, hoje podemos encontrar outras estratégias de publicidade online com as quais é possível obter tráfego em seu site, aumentar as vendas e conquistar muitos clientes, como o marketing de conteúdo e o SEO.

O marketing de conteúdo é  uma estratégia de marketing não paga com a qual se pretende influenciar um determinado nicho de mercado, oferecendo conteúdo útil e gratuito a seu público. Pode ser desenvolvido por meio de blogs, newsletters, vídeos e redes sociais.

Além disso, temos o SEO, um conjunto de técnicas que podem complementar seu marketing de conteúdo e fazer com que seus sites apareçam na primeira página de resultados do Google, quando alguém faz uma pesquisa.

Algumas vantagens do marketing de conteúdo e do SEO

  • São gratuitos;
  • Permitem conseguir o tão sonhado posicionamento na internet;
  • Permitem fortalecer relações e criar vínculos duradouros com seus clientes, já que oferecer conteúdo valioso e útil é importante para eles;
  • Criam a oportunidade de você se tornar uma referência na internet;
  • São estratégias ideais para fortalecer sua marca pessoal.

Dicas para fazer publicidade online

A publicidade online é, sem dúvida, um excelente recurso para empresas ou empreendedores que querem se destacar na web.

Para conseguir que seu orçamento de publicidade tenha o melhor rendimento e permita obter os melhores resultados, é importante criar uma campanha publicitária bem pensada e planejada.

Aqui estão algumas dicas gerais para anunciar na internet:

  1. Jamais comece a anunciar sem antes definir sua persona.
  2. Combine sua estratégia de anúncio pago com algumas opções não pagas, como o marketing de conteúdo e o SEO, para maximizar os resultados.
  3. Defina um orçamento exato para desenvolver a estratégia e, assim, evitar problemas financeiros.
  4. Selecione boas imagens e conteúdos para seus anúncios publicitários.
  5. Acompanhe seus anúncios publicitários com um título chamativo, uma proposta de valor e uma chamada para a ação (call to action).
  6. Meça os resultados.

A publicidade é a alma de qualquer negócio: é inútil criar um produto ou oferecer um ótimo serviço no mercado, se ninguém o conhece.

Por isso, te convidamos a se basear em todas essas ferramentas e começar a promover seus produtos ou serviços para alcançar seus objetivos e se tornar um empreendedor de sucesso.

17 estratégias de Marketing Digital para implementar com pouco esforço

Conheça ações possíveis de fazer sem grandes esforços, mas que trarão resultados relevantes para sua empresa

 

Quando se fala em Marketing Digital é natural que os gestores de empresas imaginem que apenas estratégias muito complexas é que trarão resultados.

E é verdade que os benefícios principais demoram um pouco a aparecer. No entanto, existem vários ajustes feitos com facilidade — e pouco investimento em tempo e recursos — que trazem grandes melhorias.

Este post reúne várias ações simples que podem trazer vantagens como melhorar a indexação das páginas e impulsionar o tráfego para seu site, além de incrementar taxas de conversão e de abertura de email.

Para facilitar a implantação de suas ações, utilize esse post como um guia e aproveite os links relacionados com cada tópico para se aprofundar um pouco mais nas estratégias.

Ações no blog ou site

1. Evite exibir posts inteiros na página inicial

Entre os motivos para não exibir posts completos na sua home estão garantir agilidade ao carregamento da página (e preservar a paciência do visitante), medir com maior precisão quantas visualizações cada conteúdo está recebendo e evitar conteúdo duplicado — que pode confundir as ferramentas de busca.

Se o seu blog é no WordPress e estiver exibindo os posts inteiros na home, uma forma rápida de resolver isso é incluindo o parâmetro “more” em seus posts.

estratégias de marketing digital

2. Baseie-se nas palavras-chave mais buscadas na hora de escrever títulos

Como o page title (a frase que aparece na aba do navegador) é muito valorizado pelo Google, é importante que aborde os termos que sua empresa esteja mirando para ficar bem posicionada nas buscas.

Para dicas mais avançadas de como escolher as palavras-chave mais adequadas para sua empresa, confira nosso Guia Completo do SEO.

3. Inclua CTAs no seu site

Impulsione as conversões incluindo CTAs (Calls-to-Action) em todo e qualquer lugar que você conseguir: páginas do site, em cada post publicado e até mesmo nos materiais que sua empresa disponibiliza para download.

 

4. Use imagens atraentes em posts e materiais

Procure por boas imagens relacionadas ao tema para incluir em seus posts e nos materiais para download. Elas vão torná-los mais atrativos e garantem maior destaque nas mídias sociais ao compartilhar a URL.

 

5. Use o atributo alt nas imagens

Essa é uma dica super fácil de ser implementada e que ajuda o Google a entender melhor seu conteúdo.

Ao incluir as imagens nos posts, preencha o atributo alt, informando do que ela trata. Esse indicativo também funciona como uma legenda quando a imagem não é exibida.

Os buscadores leem esse atributo como parte do conteúdo, o que auxilia no posicionamento de sua página — se a descrição da imagem estiver relacionada com ele, claro.

Confira na imagem abaixo:

estratégias de marketing digital

6. Divulgue seus links na assinatura de email

Inclua links para o blog da empresa ou até mesmo perfis nas redes sociais na sua assinatura de email.

Isso vai fazer com que pessoas que você está começando a se relacionar já percebam que o seu negócio tem alguns canais de Marketing Digital.

7. Insira botões de compartilhamento para redes sociais

Se sua empresa utiliza o WordPress, pode facilmente incluir um widget de compartilhamento em redes sociais, como esse que temos aqui ao lado esquerdo da página.

No WordPress há vários plugins gratuitos que podem ser instalados e inseridos no seu blog.

8. Cuidado com conteúdos duplicados

Confira se o site da sua empresa tem conteúdo duplicado nos endereços com www e sem www. Caso os dois endereços estejam coexistindo sem redirecionamento, podem estar diluindo sua autoridade. Para resolver o problema, eles devem ser unificados por meio do Redirect 301.

 

Ações nas redes sociais

9. Aproveite melhor o conteúdo publicado

Se sua empresa já possui vários posts e materiais publicados, é bastante positivo aproveitar esse conteúdo publicando chamadas para eles nas redes sociais.

É uma boa oportunidade de os visitantes mais novos conhecerem os materiais mais antigos e de gerar mais tráfego para seu site. Vale até criar uma planilha com a lista dos conteúdos para gerenciar a publicação.

10. Inclua links para Landing Pages em posts nas redes sociais

Aproveite a capacidade de disseminação de conteúdo das redes sociais também para divulgar Calls-to-Action com link direto para suas Landing Pages. Essa simples ação pode impulsionar o número de Leads captados.

11. Invista no “Impulsionar” do Facebook para divulgar suas ofertas

Como o Facebook limita a visualização de seus posts, investir na ferramenta “Impulsionar” para alcançar mais pessoas vai garantir resultados melhores para divulgar um eBook, por exemplo, e captar mais Leads.

Ações no Email Marketing

12. Use template HTML em seus emails em vez de uma imagem única

Um erro de várias empresas é utilizar uma única imagem no corpo do email para divulgar uma campanha. Um bom motivo para você desistir dessa ideia é que a maioria dos serviços mais populares de email tem um bloqueio por padrão de segurança.

Ou seja, o usuário só vai visualizar caso habilite a visualização no momento de abertura do email, e certamente muitos vão ignorar sua mensagem antes de fazer isso.

13. Segmente seus emails

Hoje em dia, nada é mais importante em Email Marketing do que entregar ao destinatário o conteúdo que seja de seu interesse.

Investindo na segmentação de seus contatos, você consegue enviar a eles emails relacionados a tópicos que eles já tenham demonstrado interesse ao baixar seus materiais.

14. Envie ofertas em um email exclusivo

Sempre que publicar um novo material para download (eBook, webinar, planilha etc.), envie para sua base um email com o convite para acessar o conteúdo.

Essa prática gera muito mais resultados do que só enviar, por exemplo, em uma newsletter, recheada de outros materiais.

Ações de conversão

15. Crie Landing Pages

Essa é a nossa principal dica para conduzir seus visitantes ao longo do processo de conversão até que eles se tornem clientes: crie Landing Pages como porta de acesso ao seu conteúdo rico ou mesmo para a solicitação de trials ou conversas com algum consultor.

16. Simplifique o formulário de conversão

Mesmo que você já tenha criado várias Landing Pages, talvez não saiba, mas excluindo apenas um campo do formulário sua empresa pode incrementar — e muito — o número de conversões de visitantes em Leads.

Verifique que informações são realmente essenciais para que sua equipe possa montar o perfil do Lead e abordá-lo futuramente. Além do mais, ferramentas como o RD Station Marketing, oferecem a opção de formulários inteligentes. Isto é, os campos vão sendo alterados de acordo com as informações que você já possui de cada Lead.

Assim, toda vez que seu Lead preencher um formulário de Landing Page, você estará coletando novas informações ao decorrer do tempo, mantendo seus formulários curtos e simples de serem completados.

17. Insira um pop-up no site

Escolha páginas estratégicas de seu site para inserir um pop-up e gerar mais Leads para seu negócio. Mas não esqueça de oferecer um benefício, como o download de um material, cupom de desconto, consultoria gratuita ou assinatura de newsletter.

O que é Marketing de Oportunidade?

Sabe quando alguém pega carona no “sucesso” alheio? Ou quando pessoas e empresas de mídia se aproveitam de um tema que já está em alta, criando assim o seu próprio marketing de oportunidade.

Você já parou pra pensar que diariamente bilhões de pessoas acessam a internet procurando tendências, comentando receitas, buscando respostas para suas dúvidas e medos.

Porém, com tanto conteúdo sendo produzido e compartilhado, se torna cada vez mais difícil conseguir chamar a atenção e se destacar. Por isso, pequenas médias e grandes corporações precisam do apoio de agências e publicitários engajados e muito, mas muito bem informados.

É que, quase que diariamente, surgem ideias e possíveis chances de pegar carona para criar o seu marketing de oportunidade.

Mas afinal, o que é marketing de oportunidade?

marketing de oportunidade tem o objetivo criar uma campanha buscando algum outro tema que possa estar em alta nas redes sociais e na mídia de forma em geral.

Pode ser uma data comemorativa, o lançamento de um produto ou programa de televisão que já está dando o que falar, a por que não pegar um gancho na situação polícia do país?

Trata-se de uma estratégia bastante comum e muito utilizada, porém, nem sempre da maneira certa. Existem algumas empresas que acabam realizando o marketing de oportunidade até mesmo sem se dar conta.

É preciso ter muito cuidado ao fazer uso do marketing de oportunidade para não gerar uma resposta negativa, e acabar causando o efeito contrário do marketing.

Afinal, quando se cria uma campanha de marketing, não importa qual estilo seja, a empresa sempre espera se destacar positivamente e criar um impacto diante de seus consumidores.

Caso Marisa e o marketing de oportunidade feito de forma infeliz

Para ficar bem claro para você sobre o que se trata o marketing de oportunidade, vamos dar um exemplo recente e bastante infeliz de como a estratégia foi usada, porém de forma errada, causando grande repulsa e ódio entre os consumidores.

A empresa em questão foi alvo de diversas críticas nas redes sociais, e provavelmente deve estar até agora envergonhada e trabalhando para que a próxima campanha de marketing de oportunidade possa ser feita com bom senso.

Afinal, como comentamos anteriormente, uma campanha de marketing de oportunidade, quando não pensada estrategicamente e de forma lúcida, pode gerar um impacto ruim para a imagem da empresa, e muitas vezes ela jamais será esquecida devido aquela campanha problemática.

Neste caso em questão, a empresa que realizou uma campanha de marketing de oportunidade mal feita foi a loja Marisa.

O mais curioso é que a campanha pegou gancho em duas oportunidades que estão em alta na mídia e também no imaginário popular: o Dia das Mães e a crise política do Brasil.

Através da frase “Se a sua mãe ficar sem presente, a culpa não é da Marisa”, a loja fazia referência à data comemorativa que se aproximava, e tentava lançar perante aos consumidores as promoções e produtos especiais que havia preparado para o Dia das Mães.

Porém, a campanha de marketing de oportunidade errou quando, ao falar sobre a “culpa não é da Marisa”, a marca pegava o gancho que o ex-presidente Lula deu durante depoimento na Lava Jato.

Lula, tentando explicar sobre a possível compra de um tríplex no Guarujá, disse ao juiz Sergio Moro que tinha sido sua esposa falecida Marisa, que havia feito uma possível visita ao local e que o interesse de compra era dela.

A mídia e alguns populares entendeu o depoimento do ex-presidente como se ele estivesse colocando a culpa em sua mulher, que faleceu recentemente. Desta forma, nem ela poderia se defender, nem o juiz contestar muito.

Não demorou muito para a loja Marisa lançar sua campanha de marketing de oportunidade, gerando muitas críticas da imprensa e dos consumidores.

Como usar o marketing de oportunidade?

Existem diversos cases de sucesso de marketing de oportunidade, e ele sem dúvida é uma excelente estratégia para as marcas que querem gerar impacto diante dos clientes.

Porém, como você pode observar, é necessária muita análise e cuidado para não gerar uma mensagem negativa e desagradar aos consumidores.

Procure, antes de tudo, verificar se a mensagem que você pretende passar não irá gerar outras compreensões e dar espaço para o lado negativo. Outra dica é realizar a campanha de marketing de oportunidade sempre de forma bem humorada, eliminando ofensas e críticas do assunto ou data que você irá pegar o gancho.

Cases de marketing de oportunidade bem sucedidos

Na internet, se você fizer uma pequena busca, poderá conhecer alguns cases de marketing de oportunidade bem sucedidos e que caíram no gosto popular. Sem dúvida, esse é o grande objetivo ao fazer uma campanha de marketing de oportunidade: engajar pessoas, pensar em um possível viral, alto número de compartilhamento e empatia do público.

A loja Ponto Frio, por exemplo, já demonstrou que sabe criar muito bem suas campanhas de marketing em geral, e chegou a criar certa vez um novo logo onde se apropriava da série Breaking Bad para brincar com o seu nome e fazer referência ao mascote da marca, o pinguim. Os consumidores adoraram a brincadeira.

Uma boa ideia bem pensada para uma campanha de marketing em geral pode gerar um dia ruim para uma empresa e um dia de glória para outra.

Nesta história, quem se deu bem foi restaurante Entre Amigos. Ele aproveitou a frustração de um cliente, do Outback, chamado Daniel, que chegou 1 minuto depois do horário de fechamento de uma das unidades e não conseguiu ser atendido. Lembrando que o Outback fecha às 23 e Daniel chegou 23h01…

Foi então que o restaurante Entre Amigos criou a campanha de marketing de oportunidade onde informava “Daniel, pode chegar às 23h01 no Entre Amigos, a essa hora, a noite está só começando.

Conseguiu compreender o objetivo do marketing em geral? Sem dúvida, atualmente com o fortalecimento das redes sociais, diariamente as marcas podem criar campanhas com tantas oportunidades que aparecem todos os dias.

Mas é preciso ter muita cautela!